sábado, 15 de julho de 2017

O Pai do Filho Pródigo -

* Escrevi essa história para o Dia dos Pais, por isso dei maior ênfase ao pai.
E o Recurso Visual são três rolos de papel toalha. Isso mesmo!!! 😄

Vai funcionar da seguinte maneira: o pai precisa ser um rolo de papel toalha novinho, o filho mais velho precisa ter menos folhas e o filho mais novo menos folhas ainda.
Quando o filho recebe  a herança do pai, você poderá envolver várias folhas do pai para o filho e destacar.
Quando o filho vai gastando todo o dinheiro vá destacando as folhas e jogando no chão.
Quando o filho volta para a casa do pai está sem folha nenhuma ou pouquíssimas.
O pai então o abraça e dá roupas novas, enrole as folhas do pai no filho e destaque para encerrar..

Agora vejam como ficou a história;-)

O Pai do Filho Pródigo
(Por: Sandra Curcino)

No Evangelho de Lucas, capítulo 15, versículo 11 em diante, o Senhor Jesus contou uma parábola sobre um pai que tinha dois filhos.
Vamos ver o que aconteceu??

O filho mais novo que não dava valor para o que tinha, insatisfeito em obedecer as regras da casa de seu pai, foi até ele e disse bem assim:
- Olha pai, o senhor ainda não morreu, mas eu já quero minha parte da herança e com o dinheiro vou para bem longe daqui viver a minha vida!

Como você acha que o pai se sentiu ao ouvir seu próprio filho falar daquele jeito?

Vendo que o filho não mudava de ideia, mesmo triste, o pai entregou  o dinheiro para o filho que foi embora para outro lugar e nem sequer mandava notícias..

Todos os dias, aquele pai cheio de amor saía de sua casa e olhava para a estrada na esperança de que seu filho estivesse voltando, mas não avistava ninguém.

Enquanto isso, bem longe dali, o filho gastava todo seu dinheiro comendo, bebendo e em festas. Não se lembrava do que aprendeu com seu pai sobre economizar e só comprar o que realmente fosse necessário. Ele até fez novas amizades, mas esses 'amigos' só estavam interessados no dinheiro que ele tinha. Assim que o dinheiro acabou, os 'amigos' sumiram, não eram amigos de verdade.

Mais um dia e lá foi o pai amoroso olhar pela estrada com a esperança de encontrar o filho que o deixou.
Com os olhos cheio de lágrimas se perguntava:
- Será que meu filho se alimentou hoje??
-Será que está com frio??
- Será que meu filho tem onde dormir??

Sem dinheiro algum, o filho foi procurar um trabalho, mas tudo que conseguiu foi trabalhar cuidando de porcos em uma fazenda. Isso significava que ele teria que ficar junto com os porcos e você sabe o cheiro ali não era nada bom...
Foi aí que o filho se lembrou que até os trabalhadores da casa de seu pai comiam coisas boas e ele sentindo tanta fome, sem dinheiro , chegou a pensar em comer a comida dos porcos..
Naquela hora, o filho se arrependeu de tudo que tinha feito com seu pai:
- Agora eu entendo que as regras na casa do meu pai serviam para a gente viver com respeito e de forma organizada. Meu pai com seu amor estava ensinando eu e meu irmão o que realmente é certo. Como estou arrependido! Eu vou voltar para a casa do meu pai nem que seja para ser como um dos seus empregados.

O que aquele jovem não sabia, é que desde o dia em que saiu de casa, seu pai esperava a sua volta!
Quando o pai viu seu filho ao longe, saiu correndo até ele, abraçou forte e encheu de beijos.

O filho disse:
- Pai, pequei contra Deus e contra o senhor não mereço ser chamado de seu filho.
Mas o pai cheio de amor disse para que trouxessem roupas novas para seu filho e preparassem uma grande festa pois o filho estava de volta.
Completamente feliz agora o pai estava, junto com seus filhos que tanto amava!!!

Imagem relacionada



* Sugestão de Atividades:

















Imagem relacionada


terça-feira, 4 de julho de 2017

Sou Diferente!!!

Resultado de imagem

"Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? ... Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte;” Mateus 5:13-15 

Luísa chegou da escola faminta. Quando abriu o portão já podia sentir o delicioso cheiro que vinha da cozinha. Após lavar as mãos, toda a família se reuniu ao redor da mesa para a refeição. Tudo parecia estar muito saboroso. Após a oração, sua mãe serviu a comida.
De repente pela expressão no rosto das pessoas, a mãe de Luísa percebeu que algo não estava bem. A família que antes estava com muita vontade de comer, agora parecia ter perdido o apetite.
Foi aí que a mãe resolveu provar o que tinha feito.  Ela viu que a família tinha razão: a carne não tinha gosto de nada. Ela se esqueceu de colocar sal...
Luísa se levantou e foi buscar o saleiro no armário. O sal fez aparecer aquele sabor que faltava à carne.
Jesus Cristo também sabia que quando a comida está bem temperada, sentimos o verdadeiro sabor do alimento.
Certa vez, falando aos seus discípulos, Jesus afirmou que eles eram o sal da terra. 
Veja o que está escrito em sua Bíblia em Mateus 5:13! Pois bem, da mesma forma que o sal faz aparecer o que há de melhor na comida, nós, como sal da terra, precisamos fazer aparecer o que há de melhor nas pessoas que estão ao nosso redor!
Como cristãos, Jesus espera que sejamos o sal da terra para dar mais sabor à vida!

*******************

Agora vamos ler Mateus 5: 14-16
Professora: Utilize uma vela ou uma lanterna. 
Fale sobre a luz (vejam como a luz dessa vela brilha!), mas SEM ACENDÊ-LA. 
As crianças vão falar que a vela não está acesa. 
Acenda a vela e diga que a Bíblia nos diz que temos que deixar nossa luz brilhar. Para nossa luz brilhar, nós precisam estar conectados com Deus. 
Devemos ser conectados à fonte do poder de Deus e precisamos preparar-nos para Jesus. Quando convidamos Jesus para entrar em nosso coração, estamos nos conectando com o poder de Deus. 
Quando vamos à igreja, quando oramos, adoramos, louvamos e estudamos a Palavra nos ligamos a Jesus. Quando estamos conectados e ligados a Deus nossa luz brilha, nosso comportamento passa a refletir que temos Jesus em nossos corações!!!

Sem a luz nossa vida na terra seria impossível. Jesus é a verdadeira luz capaz de iluminar toda a humanidade. Nós temos a luz de Cristo e devemos refleti-la ao mundo. Devemos ser luz brilhando na escuridão.

Hora de Louvar:








*Uma sugestão para ser trabalhado com esse louvor: Enquanto as crianças ouvem a canção, entregue para elas um pedaço de papel cartão preto ou collor set preto e giz de cera branco ou até giz de lousa para que desenhem aquilo que estiverem ouvindo!!!


Atividades:




[1439706264_caea31e72b_b.jpg]

créditos:
http://gmcgmjrsantamaria.blogspot.com.br/2014/05/aula-20-sal-da-terra-e-luz-do-mundo.html


quinta-feira, 22 de junho de 2017

Dica do Dia!!! Próximo encontro Contadores do Reino!!!


Quem saberá contar os poderosos feitos do Senhor?

Para saber mais sobre Contadores do Reino
acesse:

https://pt-br.facebook.com/ContadoresdoReino/






sexta-feira, 9 de junho de 2017

Canção Adaptada para Contação de História!


A Canção escolhida foi Sheep Sheep Zuzu 
da tia Cecéu do DVD Achados e Perdidos
Confiram o vídeo com a canção e em seguida a história que adaptei!!!



**************
Hoje eu quero falar para vocês sobre a ovelha Sheep Sheep Zuzu. A Sheep Sheep Zuzu gostava muito de ficar pelo pasto e junto havia muitas outras ovelhinhas (fazer o balido: bééé, bééé, bééé!). 
Mas a Zuzu foi se afastando do rebanho querendo se aventurar e um dia foi  tão longe atrás de grama verdinha que a noite chegou e o caminho ela  não podia mais achar, 
estava tudo escuro...

Zuzu achou que para sempre ficaria perdida. Seu balido estava fraquinho (bé, bé,bé) e ninguém podia escutar.
Ma o pastor não descansou nem de noite, nem de dia, procurando por onde estaria a Sheep Sheep Zuzu.
E com seu cajado ele a foi resgatar!

Sabe de uma coisa?  Não existe lugar nesse mundo que o pastor não consiga achar! A Zuzu estava muito perdida, mas o pastor conseguiu a encontrar!

Na bíblia, que é a Palavra de Deus,  está escrito que Jesus é o bom pastor (Jo. 10:11).  Eu e você somos as ovelhas e precisamos ouvir e obedecer a Jesus!!!

Em Lucas 15:3-7 Jesus contou a parábola da ovelha perdida!
Vamos ler!!!
Então Jesus lhes contou esta parábola:
"Qual de vocês que, possuindo cem ovelhas, e perdendo uma, não deixa as noventa e nove no campo e vai atrás da ovelha perdida, até encontrá-la?
E quando a encontra, coloca-a alegremente sobre os ombros
e vai para casa. Ao chegar, reúne seus amigos e vizinhos e diz: ‘Alegrem-se comigo, pois encontrei minha ovelha perdida’.
Eu lhes digo que, da mesma forma, haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se".
Lucas 15:3-7

Vejam os Recursos Visuais para esta contação:
As bolinhas de algodão também são ovelhinhas,
 As tiras de papel crepom para a grama,
O pastor é o pegador de massas/salada
E a Sheep Sheep Zuzu vocês já sabem quem é  ;-)


Brincando eu Aprendo:

 Escolha uma criança para ser a ovelha e uma criança para ser o pastor.
Cada situação que você disser, o pastor deverá executar. Veja alguns exemplos:

* A ovelha precisa acordar (o pastor tem que acordar a ovelha)
* A ovelha está com sede (dar água)
* A ovelha precisa ira para o pasto (conduzir a ovelha até o local indicado)
* Lá vem o lobo ( o pastor luta com o lobo invisível para que não chegue perto da ovelha)
* A ovelha está com espinhos (tirar os 'espinhos')
* A ovelha está saindo do caminho (usar o cajado para trazer ela de volta)

A brincadeira poderá ser feita novamente com outras crianças!
crédito: www.escolinhadagraca.blogspot.com